A ZONA

Sinopse

Todas as personagens de A ZONA têm que lidar com a perda de um ente querido. Um homem observa o corpo do pai deitado numa cama de hospital, que apenas se mexe graças à maquina de respiração artificial que o mantém vivo.
Numa ambulância, uma mulher grávida, tomada pelo pânico, agarra-se ao marido, enquanto os médicos tentam ressuscitá-lo.
Num apartamento, o homem tenta familiarizar-se com o espaço desabitado onde o pai costumava viver. O cão ainda lá está, mas a sua presença não atenua de forma alguma o vazio que dali emana. No campo, vive um casal à espera de bébé. Uma noite, o marido sai e não regressa.
Estes homens e mulheres parecem anestesiados pela sua dor. São sobreviventes que caminham hesitantes em espaços quase sem vida, em busca de um lugar para descansar.

Bio-filmografia do realizador

Nasceu em 1974. Em 1997 conclui o curso de Cinema na área de Montagem da Escola Superior de Teatro e Cinema. Em 1998 fundou a produtora O Som e a Fúria. Os seus filmes ganharam prémios em festivais como La Biennale di Venezia, Locarno FF, Gijón, Oberhausen, Vila do Conde, Indielisboa, Montreal e foram exibidos nos principais festivais de cinema mundiais. Foi por duas vezes nomeado para melhor curta metragem nos EFA (premios europeus de Cinema). Sandro Aguilar foi alvo de retrospectivas no BAFICI, Roterdam FF, New York FF (Views from the Avant-Garde), Arsenal-Berlim e Oberhausen. Em 2013 foi convidado a integrar o reputado programa DAAD – Artist in Residence, Berlim.

MARIPHASA [2017] UNDISCLOSED RECIPENTS [2015] BUNKER [2015] FALSE TWINS [2014] JEWELS [2013] DIVE: APPROACH AND EXIT [2013] SINAIS DE SERENIDADE POR COISAS SEM SENTIDO [2012] MERCÚRIO [2010] VOODOO [2010] A ZONA [2008] ARQUIVO [2007] A SERPENTE [2005] REMAINS [2002] CORPO E MEIO [2001] SEM MOVIMENTO [2000] ESTOU PERTO [1998]

Exibição comercial

ESTREIA EM PORTUGAL A 7 DE MAIO 2009

Festivais

Indielisboa’08 – Competição Internacional [Portugal, 2008]
61º Festival de Cinema de Locarno – Cineastas do Presente Competição [Suiça, 2008]

Ver mais

Nota do Realizador

Quando perdemos alguém: os lugares deixados vazios, objectos, memórias, possibilidades interrompidas; tudo se tramsforma na manifestação de uma mesma consciência que nos une às paredes, à sombra, aos fantasmas. Trata-se de uma omissão regeneradora porque regressamos e inventamos antes de abandonar. Por colocar tudo ao memso nível, este território é também imensamente libertador.

A ZONA no London Film Festival

A estranha e elíptica primeira longa-metragem de Sandro Aguilar é muito mais do que a promessa que foi revelando nas suas curtas-metragens.

Ver mais

Veja o filme online

Vídeos

Ficha artística

Isabel Abreu António Pedroso Gustavo Sumpta Cátia Afonso Tiago Barbosa Guilherme Pina Cabral João Nicolau Joana Brandão Manuel Mesquita Bruno Duarte Adriana Queiroz Francisco Nascimento Tomé Mendonça Marta Mateus Nuno Bernardo Dinarte Branco Pedro Lamas Victor Jorge

Ficha técnica

argumento, montagem e realização Sandro Aguilar director de fotografia Paulo Ares som Pedro Melo 1º assistente de realização Paulo Guilherme anotação Miguel Fonseca decoração Fernando Areal, Carlos Subtil guarda-roupa Sílvia Siopa cabelos & maquilhagem Araceli Fuente montagem de som Miguel Martins, Sandro Aguilar mistura Miguel Martins directora de produção Ângela Cerveira produtores Luís Urbano, Sandro Aguilar

35MM | 1:1:85 | Dolby SRD | 99’

© O SOM E A FÚRIA 2008

Apoios

  • filme apoiado pelo ICA | MC ICA | MC
  • e a participação de RTP RTP