AQUELE QUERIDO MÊS DE AGOSTO

Sinopse

No coração de Portugal, serrano, o mês de Agosto multiplica os populares e as actividades. Regressam à terra, lançam foguetes, controlam fogos, cantam karaoke, atiram-se da ponte, caçam javalis, bebem cerveja, fazem filhos. Se o realizador e a equipa do filme tivessem ido directamente ao assunto, resistindo aos bailaricos, reduzir-se-ia a sinopse: «Aquele Querido Mês de Agosto acompanha as relações sentimentais entre pai, filha e o primo desta, músicos numa banda de baile». Amor e música, portanto.

Bio-filmografia do realizador

Miguel Gomes nasce em Lisboa, em 1972. Estuda na Escola Superior de Teatro e Cinema e trabalha como crítico de cinema entre 1996 e 2000.
Realiza várias curtas e estreia-se na realização de longa-metragem com A CARA QUE MERECES (2004).
AQUELE QUERIDO MÊS DE AGOSTO (2008) e TABU (2012) vêm confirmar o seu sucesso e projecção internacional. TABU estreia em cerca de 50 países e vence mais de uma dezena de prémios. Retrospectivas da sua obra tiveram lugar na Viennale, BAFICI, Turim, Alemanha e EUA.
AS MIL E UMA NOITES, um filme em três volumes, estreia na edição de 2015 da Quinzena dos Realizadores.

AS MIL E UMA NOITESVOLUME 1, O INQUIETO [2015] AS MIL E UMA NOITESVOLUME 2, O DESOLADO [2015] AS MIL E UMA NOITESVOLUME 3, O ENCANTADO [2015] REDEMPTION [2013] TABU [2012] AQUELE QUERIDO MÊS DE AGOSTO [2008] NTICO DAS CRIATURAS [2006] A CARA QUE MERECES [2004] PRE-EVOLUTION SOCCER’S ONE MINUTE AFTER A GOLDEN GOAL IN THE MASTER LEAGUE [2003] KALKITOS [2002] TRINTA E UM [2002] INVENTÁRIO DE NATAL [2000] ENTRETANTO [1999]

Estreia comercial

ESTREIA EM PORTUGAL A 21 DE AGOSTO DE 2008
ESTREIA EM FRANÇA A 17 DE JUNHO DE 2009
ESTREIA NO BRASIL A 14 DE AGOSTO DE 2009
ESTREIA NA BÉLGICA A 21 DE SETEMBRO DE 2009
ESTREIA NO MÉXICO A 21 DE NOVEMBRO DE 2009
ESTREIA NA ARGENTINA A 4 DE MARÇO DE 2010
ESTREIA NA SUIÇA A 15 DE MARÇO 2010
ESTREIA NA ALEMANHA A 3 DE JUNHO DE 2010
ESTREIA NO JAPÃO A 17 DE SETEMBRO 2010

Festivais & Prémios

40ª Quinzena dos Realizadores [Cannes – França, 2008]
15º Festival Internacional de Cinema de Valdivia [Chile, 2008]: Melhor Filme Internacional e Prémio da Crítica

Ver mais

Nota do Realizador

A vida nem sempre é fácil, meus amigos! Em Julho de 2006, ocorre uma pequena calamidade. A rodagem do filme, prevista para o mês seguinte, é adiada para data incerta. Falta dinheiro à produção para um argumento exigente, a ser rodado no interior de Portugal durante as festas de Agosto, e opções de casting ao realizador.

Ver mais

Veja o filme online. A qualquer hora, em qualquer lugar.

Critícas

“Atenção, objecto não identificado, de conteúdo altamente popular e poético. Esse monstro delicado, que deixa o espectador feliz, chega de Portugal.”
Le Monde, Jacques Mendelbaum


“Miguel Gomes tem uma qualidade que falta a quase todo o cinema mundial hoje: imaginação. Transbordante, louca, precisa, maníaca.”
Libération, Philippe Azoury


“Um filme único que nos faz recordar muitos outros filmes e situações de vida, mas diferent de tudo.”
Miguel Gomes Retrospective – BAFICI

Sons

Ficha artística

Sónia Bandeira Fábio Oliveira Joaquim Carvalho Andreia Santos Armando Nunes Manuel Soares Emmanuelle Fèvre Diogo Encarnação Bruno Lourenço Maria Albarran Nuno Mata Paulo “Moleiro” Acácio Garcia Luís Marante

Ficha técnica

realização Miguel Gomes argumento Miguel Gomes, Mariana Ricardo, Telmo Churro arranjos musicais Mariana Ricardo director de fotografia Rui Poças assistente de imagem Lisa Persson director de som Vasco Pimentel 1º assistente de realização Bruno Lourenço 2º assistente de realização Catarina Ramalho anotador Telmo Churro decoração e guarda-roupa Bruno Duarte assistente de decoração e guarda-roupa Susana Moura montagem Telmo Churro, Miguel Gomes montagem de som Miguel Martins, António Lopes mistura Miguel Martins director de produção Luís Urbano chefe de produção Patrícia Almeida coordenadora de produção Cristina Almeida assistente de produção Joana Vaz da Silva produtores Luís Urbano, Sandro Aguilar co-produtor Thomas Ordonneau

35MM | 1:1.66 | DOLBY SRD | 150’

© O SOM E A FÚRIASHELLAC SUD 2008

Apoios

  • filme apoioado por MC/ICA ICA | MC ICA | MC
  • e a participação de RTP RTP